Banco do Nordeste anuncia crédito de R$ 1 bilhão
para empresas de saúde

No Maranhão, serão disponibilizados R$ 106 milhões em recursos que poderão ser usados para investimentos, aquisições e capital de giro em empreendimentos especializados

O Banco do Nordeste (BNB) lançou, nesta quarta-feira, 9, a estratégia BNB +Saúde, que visa fortalecer atividades de saúde com a destinação de R$ 1 bilhão, nos próximos 12 meses, para financiamento de clínicas médicas, hospitais, serviços odontológicos e comércio de medicação e itens hospitalares. Os recursos estarão disponíveis para empreendimentos instalados na área de atuação do Banco e serão liberados de acordo com a demanda.

As empresas que atuam no segmento da saúde situadas no Maranhão terão à disposição um total de R$ 106 milhões para seus projetos.

A intenção do Banco é atender, prioritariamente, empreendimentos de micro, pequeno e pequeno-médio portes com financiamento de até 100% do projeto. Os de médio e grande portes também serão atendidos com limite de liberação avaliado de acordo com cada cliente.

Segundo levantamento do BNB, existem cerca de 72 mil empresas ligadas à saúde em sua área de atuação que inclui, além do Nordeste, parte dos estados de Minas Gerias e Espírito Santo. “Dessas, 7,7 mil são de médio grande porte, outros 7,6 mil são de pequeno porte e temos uma gama imensa de 57,2 mil microempresas. Temos muitas oportunidades para impactar positivamente esses empresários oferecendo apoio financeiro”, afirma o presidente do BNB, José Gomes da Costa.

Atualmente, o BNB atende cerca de sete mil empreendimentos de saúde em sua área. Esses clientes contrataram, nos últimos quatro anos, cerca de R$ 2,3 bilhões.

As linhas de financiamento oferecem até 20 anos para pagamento do crédito contratado, incluindo carência de até cinco anos. Os juros praticados dependem do porte, localização e finalidade do empreendimento e podem ser pré-fixados, com valores a partir de 7% ao ano. Outra opção é a taxa pós-fixada, divulgada mensalmente pelo BNB, de acordo com a opção dos clientes. Nesse caso, os juros são calculados somando o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) à taxa fixa anual, que começa em 1,23%.

Segundo José Gomes da Costa, os recursos podem financiar projetos de produção industrial e comercialização de itens de saúde a prestação de serviço. “Na indústria farmacêutica e de vacinas, nós visamos a modernização de equipamentos e o aumento da produção. Para hospitais e clínicas, queremos estimular a melhoria na qualidade da prestação de serviços e aumento da capacidade de atendimento”, afirma.

Podem obter financiamentos, prestadoras de serviços como clinicas e hospitais, comércios de medicação, equipamentos, materiais e dispositivos médicos, indústrias biofármacas, farmoquímicas e de medicamentos e empresas que trabalham com desenvolvimento de novas tecnologias de informação e comunicação (TIC) aplicadas na atenção à saúde à distância (telessaúde e telemedicina).

Construção de novos espaços
Além de apoiar os negócios de saúde com aquisição de equipamentos e oferecimento de capital de giro, o Banco do Nordeste também pretende oferecer crédito para obras civis, como construção, reforma e ampliação de estabelecimentos do setor de saúde, incluindo benfeitorias e instalações. As clínicas e hospitais interessados em expandir a área de atendimento a pacientes podem utilizar o crédito para financiar até 100% do projeto, desde a aquisição até os itens necessários para funcionamento de novas unidades, incluindo veículos. Também pode ser financiada a aquisição de imóveis industriais e hospitalares, construídos ou em construção.

O superintendente estadual do Maranhão, Danivan Borges Lacerda, afirmou que o Banco do Nordeste apoiará empreendimentos do segmento de saúde com R$ 106 milhões no Maranhão.

📍Rua Bom Futuro, 455 – Centro, Imperatriz – MA, 65903-150
☎ Fone: 99. 2101-2626
☎ 99. 2101-2612
✉ Mande um e-mail para nós:
cdlimperatriz@cdlimperatriz.org.br